Quando devo me preocupar com a perda de memória?

Atualizado: 14 de Mai de 2020

Esquecer de coisas pontuais, como as chaves de casa ou o aniversário de um amigo é normal. Porém, quando o esquecimento começa a afetar e atrapalhar a sua rotina, é sinal que deve se preocupar.


É comum esquecermos de algumas coisas pontuais ocasionalmente: onde colocamos determinado objeto, o número de telefone de alguém ou algum compromisso menos importante. A maioria desses acontecimentos ocorrem meramente por falta de atenção: com a correria do dia-a-dia, geralmente ficamos ligados no "piloto automático" ou realizamos mais de uma tarefa por vez, fazendo com que não prestemos total atenção em cada atividade.

Outras razões que pode gerar esquecimento se encontram na ansiedade e no estresse. Esses dois fatores dificultam a retenção de informações e podem ocasionar aparentes perdas temporárias de memória. Isso acontece pois, com esse quadro, é mais difícil guardar e por consequência, resgatar as informações, confundindo-se com perda de memória.



Quando realmente devo me preocupar?

Se todos os dias você esquece de determinada informação, objeto ou evento do cotidiano, é o primeiro sinal de que deve ficar alerta e que talvez seja bom procurar ajuda profissional.

Vale lembrar que nem sempre a perda de memória está associada à idade: pessoas jovens podem também sofrer com isso e terem suas rotinas prejudicadas por conta da situação.


Contudo, cada caso deve ser analisado individualmente, uma vez que a rotina e o organismo de cada um funcionam de maneira diferente.


351 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo